Saúde do Solo, Tecnologia BioAS e Sustentabilidade Agrícola

Turma Período de inscrição Período de realização Inscreva-se
01 17 a 27 de novembro de 2022 28 de novembro a 31 de dezembro de 2022
02 16 a 22 de janeiro de 2023 23 de janeiro a 12 de fevereiro de 2023
03 13 a 19 de fevereiro de 2023 20 de fevereiro a 12 de março de 2023
04 13 a 19 de março de 2023 20 de março a 9 de abril de 2023
05 10 a 16 de abril de 2023 17 de abril a 07 de maio de 2023
06 08 a 14 de maio de 2023 15 de maio a 04 de junho de 2023
07 05 a 11 de junho de 2023 12 de junho a 02 de julho de 2023
08 03 a 9 de julho  de 2023 10 a 30 de julho de 2023
09 31 de julho a 6 de agosto de 2023 07 a 27 de agosto de 2023
10

28 de agosto a 03 de setembro de 2023

04 a 24 de setembro de 2023
11

25 de setembro a 01 de outubro de 2023

02 a 22  de outubro de 2023
12

23 a 29 de outubro de 2023

30 de outubro a 19 de novembro de 2023
13

20 a 26 de novembro de 2023

27 de novembro a 31 de dezembro de 2023

Quantidade de vagas: Ilimitado

Alcance: Nacional

Carga Horária: 20h

Modalidade: Ensino a distância

Público-alvo: Servidores públicos em geral, produtores rurais, extensionistas rurais, profissionais de ciências agrárias, estudantes, funcionários de cooperativas e demais atores interessados, brasileiros ou não. 

Objetivo geral: Capacitar os beneficiários diretos para absorver a tecnologia gerada pela Embrapa para conhecer a biologia microbiana (vida do solo) e, desta maneira, utilizar de modo mais eficaz os bioinsumos nas lavouras e em pastagens. 

Conteúdo programático:

  • Módulo 1:
    • Aula 1: A maquinaria biológica como a base da saúde do solo;
    • Aula 2: Importância da bioanálise do solo.
  • Módulo 2:
    • Aula 1: Como funciona a tecnologia BioAS;
    • Aula 2: Descrição e detalhamento dos principais tipos de laudos da BioAS, com exemplos práticos da BioAS em fazendas.
  • Módulo 3:
    • Aula 1: Vantagens e  limitações do uso de plantas de cobertura nos sistemas agrícolas;
    • Aula 2: Bases e vantagens do sistema de plantio direto nos sistemas agrícolas.
  • Módulo 4:
    • Aula 1: Como o manejo de agroecossistemas e o uso de bioinsumos relacionados à Fixação Biológica do Nitrogênio (FBN) contribuem para a saúde do solo;
    • Aula 2: Como o uso de bioinsumos relacionados à promoção do crescimento de plantas contribui para a saúde do solo.
  • Módulo 5:
    • Aula 1: Como o sistema de Integração Lavoura-Pecuária (ILP) contribui para a saúde do solo;
    • Aula 2: Como o sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF)contribui para a saúde do solo.